Desaf O De Tipos E G Neros Textuais

6 ideias de negócios para deus e universo

Os meios principais - os edifícios, as construções, o equipamento, o transporte – são a condição integrante da implementação da atividade econômica. A característica distintiva do ativo fixo é o longo tempo do seu uso. Uso gradual e transferência de preço em preço principal de produto novamente criado (a produção feita, os trabalhos executados).

- a aquisição, o reparo e a modernização de transportes de passageiros só por entidades legais, que a atividade primária que provê pago serviços com o transporte de cidadãos estrangeiros (parques de táxi) e concede transportes de passageiros no aluguel (aluguel) a cidadãos estrangeiros e as organizações é;

No uso o ativo fixo subdivide-se na atuação (todo o ativo fixo que se usa na atividade econômica) e inválido (o que não se usa durante este período com relação à sua preservação temporária) e peça sobressalente (vário equipamento que está em uma reserva e destinado para a substituição de objetos do principal de meios que partiram ou são no reparo).

- o ativo fixo improdutivo que não toma a participação direta ou colateral no processo da produção e se destina geralmente para o serviço de municipal e cultural e necessidades de comunidade de funcionários (estruturas, construções, equipamento, máquinas, dispositivos e a que é semelhante que se usam na esfera improdutiva.

Dos métodos acelerados mais comuns considera-se um método da redução acelerada do preço residual e um método cumulativo. A grande diferença entre três métodos acelerados levou em conta o uso por PBU-7 não está presente. A sua diferença principal compõe-se em tarifas da depreciação. A tarifa da depreciação na etapa inicial do uso do ativo fixo será mais alta. Se aplicar um método da redução do preço residual.

A obsolescência causa-se por dois fatores: crescimento de produtividade de trabalho e tarifas de progresso técnico. A emergência de modelos mais perfeitos do equipamento e outros tipos de OS conduz a uma obsolescência do funcionamento OS e declínio na produção do trabalho.

No ativo fixo de uso, guardando a forma física inicial, gradualmente desgastam-se (fisicamente e moralmente), transferindo para partes o preço do preço principal do produto novamente criado. O ativo fixo é sujeito ao uso físico tanto no decorrer do seu uso, como no seu não usam.

A depreciação do objeto separado executou-se no alcance dele o preço de equilíbrio de 100 não regiões de mínimos do rendimento de cidadãos. O seu preço residual liquidou-se na estrutura de despesas grossas e o preço de tal objeto igualado ao zero.

O método retilíneo - a soma anual da depreciação define-se pela divisão do preço que se amortizará, durante o período esperado de um tempo de uso do objeto do ativo fixo. O método retilíneo não é um novo método. Um método de carga de depreciação que trabalhou a 01/0797g. foi, na essência, retilínea. Com só que a diferença que, o preço que se amortizará, considerou todo o preço de projeto primário sem a dedução da liquidação.

O método cumulativo (o método da soma de números do número de anos) – a soma anual da depreciação define-se como o trabalho do preço que se amortizará, e coeficiente cumulativo. O coeficiente cumulativo paga a divisão do número do resto de anos até o fim do termo esperado do uso do objeto do ativo fixo da soma do número de anos do seu uso útil.

Em uma conclusão da operação do objeto, o seu equilíbrio custou =0 para a depreciação. A depreciação não se acusou. No momento do regresso do objeto depois da reconstrução – as despesas na sua reconstrução incluem-se no seu novo preço de equilíbrio.

Grupo 2 - o transporte motor e nós (peças sobressalentes) para ele, mobília, aparelhos eletrônicos, óticos, eletromecânicos de casa e instrumentos, inclusive computadores eletrônicos, outras máquinas de processamento de informação automático, sistemas de informação, telefones, microfones e transceptores portáteis, outros objetos de escritório, dispositivos e a adaptação para eles;

Concorda com a Provisão (padrão) de considerar-se a 7a depreciação "de Ativo fixo" é uma distribuição sistemática do preço de ativos de não-tempo usado que se amortizará em todas as partes do termo do seu uso útil (operação).